Mudança de hábito. O brasileiro apostando em um Brasil melhor

Nós da Wings estamos contentes em contribuir para essa mudança, já iniciamos a fabricação de quatro novos sistemas DustControl, nosso projeto de engenharia desenvolvido para controlar a poeira no momento da descarga de grãos, este projeto faz parte do investimento de R$ 80 milhões das empresas Rumo e Caramuru, que em parceria vão construir o terminal de transbordo rodoferroviário São Simão (GO), para transporte multimodal de cargas, interligado à Ferrovia Norte-Sul. O terminal poderá movimentar mais de 5,5 milhões de toneladas por ano de soja, milho e farelo de soja, o que equivale a mais de 80 mil caminhões por ano. Esta parceria vai movimentar a economia e gerar empregos na região, estimulando o crescimento de Goiás, Mato Grosso e Triângulo Mineiro, aumentando a competitividade do agronegócio.

O início das operações está programado para o primeiro semestre de 2021, com capacidade estática de 42 mil toneladas, dividida em seis silos, descarga rodoviária de 850 toneladas/hora (20 mil toneladas/dia) e carregamento ferroviário de 3 mil toneladas/hora. Deve gerar 290 empregos diretos e 1 mil indiretos no período de obras, mais 90 empregos diretos definitivos quando o terminal estiver em operação.

As duas empresas já são parceiras no terminal no Porto de Santos (SP). Onde já possuem nosso sistema DustControl instalado (ADM Santos), controlando toda a poeira produzida nas moegas de recebimento.

Devemos levar em consideração, que é um período muito promissor para o mercado de grãos, com esse aumento nas exportações, mas não podemos esquecer que, hoje devemos trabalhar de acordo com as normas ambientais

Este projeto visa, não só eliminar a poeira no momento da descarga de grãos, como também contribuir para a logística do manuseio, como, praticamente, todo o transporte de grãos, a granel, ou mesmo, produtos manufaturados para nosso consumo, é realizado através de rodovias, poluindo, causando transtorno com o trânsito, entre outros problemas. Não é de hoje que, o Porto de Santos quer aumentar participação de ferrovias no transporte de cargas. A proporção de cargas que hoje chegam aos terminais por vias férreas saltaria dos atuais 33% para 40% nos próximos 20 anos. Isso irá diminuir em grande escala a poluição gerada através do transporte rodoviário.

Se não levarmos em consideração a melhoria do processo, iremos estar causando problemas de saúde aos operadores do setor, aflição ao nossos vizinhos e poluindo o meio ambiente.

Quer resolver definitivamente o problema com a poeira dispersa no momento da descarga de grãos, e ainda estar de acordo com a fiscalização e o meio ambiente. Entre em contato agora e saiba mais sobre o nosso produto Dust Control

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses cookies to offer you a better browsing experience. By browsing this website, you agree to our use of cookies.