O Brasil vem demonstrando uma forte preocupação com a expansão do mercado de commodities agrícolas. Isto inclui o fato de que o mercado consumidor externo exigir cada vez mais que, toda a cadeia produtiva esteja alinhada aos preceitos da sustentabilidade ambiental e social, atestada por certificações, acordos e/ou programas específicos.

Essas e outras tendências revelam que o futuro da produção de grãos no Brasil e no mundo deverão seguir diretrizes padronizadas nas esferas econômica, social e ambiental, sob a égide de práticas agrícolas muito mais responsáveis.

Seja através de práticas determinadas por compromissos ou acordos, seja por meio de padrões de certificação e iniciativas em pleno desenvolvimento. A mobilização de fornecedores, produtores, compradores, exportadores, processadores e demais atores da cadeia de grãos será obrigatória no processo de condicionamento socioambiental para a continuidade sustentável dos negócios.

Todos esses problemas relacionados à expansão do mercado têm sido alvo de críticas, principalmente aqueles relacionados ao desmatamento e consequentes impactos ambientais, como emissão de gases de efeito estufa, contaminação da água e do solo e a perda da biodiversidade.

Acompanhe os próximos capítulos para aprender mais sobre os progressos agrícolas em nosso país.

Clique no botão enviar para abrir o chat

Abrir Chat
Falar com um especialista
pt_BRPortuguês do Brasil